• Quel ^^

RESENHA K-DRAMA: QUEEN IN HYUN'S MAN/QUEEN AND I

Atualizado: 10 de Mar de 2019


Título: Queen In Hyun's Man/Queen and I

Título original (em coreano): 인현왕후의 남자

Tradução literal (título original): Homem da Rainha In-Hyun


Datas de tranmissão: 18 de abril~7 de junho de 2012














Na minha resenha de Love O2O, eu mencionei que descobri o drama através de vídeos de beijos de dramas - descobri Queen In Hyun's Man da mesma maneira. Por mais que eu já tenha assistido muitos dramas (mais de 60, para ser honesta), eu tenho um bloqueio com dramas anteriores a 2014. A qualidade da imagem normalmente me irrita e eles não são tão bem feitos - normalmente. Eu havia começado Queen In Hyun's Man séculos atrás mas só esse ano forcei-me a terminá-lo para tirar da minha lista - e não me arrependo dessa decisão.


O drama conta a história de Choi Hee Jin, uma atriz que acabou de conseguir seu primeiro grande papel principal em um drama como Rainha In Hyun, uma rainha da dinastia Joseon. Um dia, durante as filmagens, um homem chamado Kim Boong Do aparece no palácio onde as gravações estão sendo realizadas - o problema é que Kim Boong Do é um servo da Rainha In Hyun, de 300 anos atrás. Ele então se junta à Choi Hee Jin para descobrir o porquê de ter viajado no tempo e quais as consequências de seus atos no passado para a história da Coreia do Sul moderna.



Nossa protagonista é Choi Hee Jin, interpretada pela atriz Yoo In Na, conhecida por seus trabalhos em "Goblin" e "My Love From The Stars". O papel como Choi Hee Jin foi o primeiro papel principal da carreira de In Na, e gostei muito de sua atuação. Eu a havia conhecido atráves de "Goblin", com a personagem Sunny, e me apaixonei por seu carisma - inclusive, ela é o motivo de eu ter começado a assistir Queen In Hyun's Man.


Choi Hee Jin é uma aspirante a atriz, conhecida somente por ter namorado Han Dong Min, um famoso ator. Para consegui-la de volta, Dong Min pede ao diretor do drama no qual trabalha para colocar Hee Jin como a atriz principal, e é assim que ela consegue seu primeiro papel realmente importante.


Eu não achei grande coisa da personalidade de Hee Jin - ela se deixa ser atacada com muita facilidade. Há cenas em que ela leva um buquê de flores na cara e um tapa e fica só chorando, sem reação. Sei que pode ser chocante mas mamãe me ensinou que não se deve levar desaforo para casa. A personagem, assim como a atriz que a interpreta, é bastante carismática, conquistando todos com seu jeito doce e gentil - até demais. O fato de ela aceitar tudo que fazem com ela me irritou durante o drama todo.


O protagonista é Kim Boong Do, interpretado pelo ator Ji Hyun Woo, conhecido por "Trot Lovers", "Angry Mom" e "Risky Romance". O papel de Kim Boong Do foi o que lhe deu o empurrão de início de carreira de ator, já que antes ele era guitarrista de uma banda de k-indie. Eu não o conhecia, e fiquei abismada com sua capacidade de mostrar todos os lados da personalidade de Kim Boong Do, que não são poucos.


Kim Boong Do é um altamente respeitado oficial do governo, filho de uma família abastada - da era Joseon. Boong Do é presenteado com um talismã por uma amiga, para sua proteção. O objeto mágico faz com que ele seja transportado 300 anos no futuro toda vez que sua vida estiver em perigo. Por ser um oficial honesto e próximo da Rainha In Hyun, várias e várias pessoas tentam matá-lo ao longo dos 16 episódios da série.


A profundidade emocional do personagem me assustou. A personagem interpretada por In Na é tão simples, tão "bobinha", que não esperava todos os mistérios encontrados no caráter de Kim Boong Do. Em quinze minutos, Hyun Woo é capaz de mostrar-se furioso, apaixonado, entretido e curioso, não deixando nenhuma lacuna entre as diferentes reações de seu personagem. Fiquei entusiasmada ao ver sua atuação e, hoje em dia, sou sua fã.



O friendzone da vez é Han Dong Min, ex-namorado de Choi Hee Jin, interpretado pelo ator Kim Jin Woo, que é conhecido por seus papéis em "The Birth of a Family", "Can't Take It Anymore" e "The Return of Hwang Geum-bok". Eu o conheci através do drama "Reunited Worlds" e achei sua atuação fantástica - realmente me fez amar primeiro e depois odiar o personagem; acho incrível atores que conseguem fazer com que nossa opinião do personagem mude drasticamente durante o drama ou filme.


Eu comentei ali em cima que Han Dong Min é quem coloca Hee Jin como Rainha In Hyun para tentar conquistá-la, e é aqui que explico. Dong Min é um ator bem sucedido e, por isso, tem um ego que bate na lua e volta. Ele se acha capaz de conquistar todas as mulheres, e só quer Hee Jin de volta para provar esse seu ridículo ponto.

Dong Min é extremamente infantil, passando dos limites. Ele quer que tudo seja feito do jeito dele ou não seja feito de maneira alguma. Eventualmente, ele briga com Hee Jin e pede para que matem sua personagem de modo que ele não tenha mais que atuar com ela - querido, quem a colocou no drama foi você! Ele faz vários escândalos, prejudicando a vida da Hee Jin em várias situações e recusando-se a acreditar que ela está namorando Kim Boong Do e não ele. Eu me irritei com ele do começo ao fim do drama. Não acho que o personagem teve nenhuma evolução boa, só evoluiu o tanto de ridículo que passou ao longo dos episódios - cada situação era pior do que a anterior.



A mulher do casal secundário é Jo Soo Kyung, melhor amiga e empresária de Hee Jin, interpretada pela atriz Ga Deuk Hi, conhecida por seus papéis em "Queen of Reversals", "Can't Live Without You" e "My Sweet Family". Eu também não a conhecia, mas não tenho absolutamente nenhuma opinião sobre sua atuação - odiei a personagem do começo ao fim.


Soo Kyung, para mim, conseguiu ser uma cobra o drama inteiro. Ao invés de ajudar Hee Jin a passar por todas as situações envolvendo as viagens no tempo de Kim Boong Do, ela simplesmente descredita a amiga, a chama de louca e a manda para um psiquiatra. Ela também acha que Hee Jin deve voltar a todo custo com Dong Min, porque, para ela, a única coisa que importa é o status da pessoa, não quem ela é, para namorar Hee Jin.


Não consigo pensar em uma única ação dela que foi feita por amor à Hee Jin durante toda a história. Ela até mesmo chega a cogitar demitir-se durante um dos momentos mais difíceis para Hee Jin. Achei Soo Kyung uma egoísta, falsa e sem coração. Não consegui gostar dela em nenhum segundo.



O futuro namorado de Soo Kyung é Chun Soo, amigo e empresário de Han Dong Min, interpretando por Jo Dal Hwan - conhecido por "The Undateables", "Whisper" e "My Sweet Family". Não tenho como dar pitaco em sua atuação porque, para ser sincera, ele apareceu bem pouco.


A única coisa que realmente posso dizer que gostei no personagem dele é que muitas vezes Chun Soo repreende Han Dong Min pelas cagadas que ele faz. Fora isso, o personagem não apareceu o suficiente para deixar uma impressão muito forte.



De 0 a 10, eu daria um incrível 10 a este drama. Lógico, achei que tiveram cenas descenessárias, mas isso acontece em todo drama. Depois de me forçar a continuá-lo, eu não larguei o computador pelos dois dias seguintes - sim, terminei um drama de 16 episódios em dois dias.


O romance começa meio do nada, mas eu achei a história extremamente bem escrita, interessante, bem desenvolvida e cativante. Fora as cenas do Dong Min, o resto me prendeu de um jeito fascinante.


Eu não aconselho assistir esse drama se você está triste - pelo menos, não chegar nos episódios finais. Eles são uma tortura atrás da outra e um final mais chocante que o outro. Fiquei chorando e com a respiração presa até literalmente o último minuto do último episódio a partir do episódio 9. Para quem quer assistir um drama histórico mas não tem muita paciência com os tradicionais, esse é bem legal - mostra o passado da Coreia do Sul ao mesmo tempo que o mantém interessante graças à conexão com o mundo moderno.


Total: 10/10




Instagram

Youtube

Facebook

Twitter

Email para contato: osowakorea@gmail.com

541.111.418-70

Prazo de entrega: 7-10 dias úteis