• Tas

LAYSHA e a polêmica das câmeras escondidas


Integrantes do LAYSHA, grupo que estreou em 2015, publicaram no Instagram falando sobre extrema invasão de privacidade com câmeras escondidas.


Após um longo silêncio durante o período de comentários maldosos, rumores e contas hackeadas, a divulgação online da câmera escondida foi a gota d'água para Som e Goeun, membros do LAYSHA, que postaram em seus perfis na rede social a promessa de levar o culpado a sua justa punição.


Em uma publicação do Instagram que foi deletada, Goeun disse: "Houveram todo tipo de comentários maliciosos, rumores e hackings. Não queria me estressar ou transformar tudo numa confusão, então não fiz nada, mas agora as câmeras escondidas.. Acho que não posso mais aguentar."


As câmeras estavam em toda a parte, diz Goeun, "Elas estavam nos vestiários de nossa agência, no carro, na minha casa. Eu nem mesmo sei quando essas câmeras minúsculas podem ter sido instaladas, mas quem fez isso deveria ser pego. Estou cansada de sofrer e chorar sozinha. Seguindo, não importa o que seja, tomarei medidas rigorosas. Para todos que estão me usando como fofoca, irei processá-los e garantir que recebam punição."


Goeun endereçou comentários que poderiam ser alguém da agência, até mesmo seu manager, negando intensivamente e dizendo que o autor não é alguém que está ao seu redor.




Som também expressou sua indignação: "Algo para apreciar para sempre... O que exatamente você vai fazer com a câmera escondida de alguém para sempre? É algo que alguém pode ver mesmo sem identidade ou senha? Você é louco?


[Câmeras escondidas] na casa das integrantes, na agência, no carro, e então as fotos sendo divulgadas. São coisas que vi acontecer com outras pessoas na TV ou online, mas o fato de ter acontecido conosco debaixo de nossos narizes, quando nos notificaram pela primeira vez, me fez chorar.


Todas do LAYSHA estiveram pacientes até agora, sendo gratas até pelo menor interesse e dizendo que comentários ruins são melhores do que nenhum. [Por um longo tempo], nós deixamos de lado os rumores ridículos e ataques pessoais.


Mas este é o resultado de toda a paciência? Nós quatro trabalhamos tanto, nossa líder trabalhou ainda mais para nos trazer onde estamos hoje.


Sim, nosso trabalho é tal como as pessoas falam, mas ninguém tem o direito de invadir nossa privacidade e usar isso para nos machucar, tão eventualmente como alguém que tira uma foto do chão. Nós tomaremos medidas legais e não ficaremos de pé apenas assistindo.


Eu recebi muitas mensagens desde que acordei nesta manhã, mas se você me conhece e viu o que acontece nos vídeos ou publicações relacionadas na internet, por favor, denuncie e informe-me. O mesmo vale para quem sabe alguma coisa sobre as filmagens.

E se a pessoa que postou as filmagens ver isso, pare e espere sua punição."



Após acusações de "estratégia de marketing", Goeun voltou ao Instagram para responder sobre.


A publicação, que foi apagada, diz o seguinte:


"Eu sou Goeun, do LAYSHA, grupo de 4 integrantes que iniciou suas promoções em 2015. Estou escrevendo isto para adicionar algumas informações sobre o crime das câmeras escondidas. Eu deletei minha postagem anterior e escrevi uma nova. Após publicar minha mensagem ontem (30 de agosto), eu recebi muitos comentários e mensagens diretas. Ao mesmo tempo, o incidente foi espalhado na internet e na TV.


Embora soubesse que haveriam pessoas assim, me machuca ver pessoas diretamente perguntando se isso é apenas estratégia de marketing. Algumas pessoas ao meu redor perguntaram se a situação piorou depois que eu expus a verdade, mas não, não aconteceu.


Com cada integrante do LAYSHA, elas são integrantes do LAYSHA e da sociedade, mas também são as filhas preciosas de seus pais, então achei que era apenas uma reivindicação por direitos humanos básicos. Como disse na postagem anterior, estávamos firmes de que o autor começaria a refletir e acordar, que não haveria mais nenhuma vítima após expor a verdade. No entanto, acho que algumas pessoas apenas olharam as fotos e palavras sensacionais e não viram mais nada como matar a vítima duas vezes.


Além disso, muitas pessoas suspeitavam da nossa agência JS ENT, devido ao ângulo da câmera ou localização. A postagem anterior foi publicada após checar diversas vezes, e por conta de muitas dúvidas e opiniões do público sobre a situação, nosso CEO e funcionários estão tendo um tempo muito difícil devido ao sistema de comunicação da empresa estar amarrado.


Estou aqui para dizer que as pessoas da JS ENT não têm nada a ver com esta situação, então por favor, parem de comentar boatos e entrar em contato com comentários maldosos.


Além do mais, nós confirmamos que a equipe de um determinado programa de 'variedade da web' que gravamos no passado, colocou as câmeras escondidas em vários lugares, nos filmou e espalhou maliciosamente (os vídeos). Eles não nos avisaram previamente que filmariam nossos corpos ou esse tipo de conteúdo maduro. Nós não sabíamos que era este tipo de programa, porque queríamos apenas gravar com o conceito de mostrar aos fãs a vida cotidiana do LAYSHA.


Iremos confirmar a validade da situação com o responsável e agiremos com a punição certa de acordo com o procedimento. Como dito antes, através de uma ação legal.


Estamos tão gratas a todos que dedicaram seu tempo se preocupando conosco e se importando com a situação, que não sabemos o que fazer. Prometemos que nos tornaremos um LAYSHA mais forte a partir de agora, e obrigada a cada pessoa que leu esta longa mensagem."



Fonte: (1) (2)

Instagram

Youtube

Facebook

Twitter

Email para contato: osowakorea@gmail.com

541.111.418-70

Prazo de entrega: 7-10 dias úteis