• Quel ^^

Competidoras do "Idol School" falam sobre condições precárias de filmagem e consequências na saúde



Competidoras do "Idol School" falaram sobre suas experiências no programa quando apareceram no episódio de "PD Notebook" transmitido no dia 15 de outubro.


Essa transmissão examinou os programas de sobrevivência produzidos pela CJ ENM, incluindo programas tais quais o "Idol School" e a série "Produce 101", ambos da Mnet.


O programa primeiro foi à casa do pai de Lee Hae IN, que apareceu em ambos "Idol School" e "Produce 101". Seu pai escreveu uma postagem ‘online’ recentemente sobre a experiência de sua filha. Ele explicou ao "PD Notebook" que foi motivado a fazer a postagem após ver artigos sobre a suposta manipulação do "Produce X 101".


Lee Hae In também fez uma entrevista com o "PD Notebook". Ela recentemente publicou uma longa carta detalhando as condições precárias e tratamento errôneo no "Idol School", assim como problemas com seu contrato.


Ela contou ao "PD Notebook": "No começo, me disseram para não ir ao local onde as audições de mais 3000 garotas aconteceriam. Eles me disseram: 'Você não precisa ir', então não me preparei. Entretanto, no dia anterior à filmagem, o roteirista responsável me disse que eu deveria ir porque era relativamente conhecida".


Ela continuou contando que, se as competidoras por acaso fossem perguntadas sobre onde fizeram as audições, elas não seriam capazes de responder, porque não fizeram nenhuma audição. Ela disse que a maioria das 3000 pessoas que passaram pelas audições foram somente usadas pelo programa.


Outra competidora anônima divulgou que a equipe de produção disse a ela que ela deveria falar que participou das audições com as outras 3000 pessoas, mas, na verdade, não foi.


Lee Hae In também detalhou sobre o quarto onde as competidoras dormiam juntas. "Os prédios rosa que eram mostrados no estúdio tinham sido construídos muito recentemente, então o cheiro de tinta era muito forte e a ventilação era muito ruim. Se você batesse um cobertor, uma grande quantidade de poeira seria levantada. Chegou ao ponto em que garotas com a pele mais sensível desenvolveram rosácea".



Mais competidoras falaram sobre as condições precárias pelas quais elas passaram durante as filmagens, mas não revelaram suas identidades: "Havia garotas que tinham só 12 anos", disse uma trainee, "Elas ainda estão crescendo, então não têm que comer? Elas choravam porque não recebiam comida. Minha cabeça doía e eu pensava: 'Que ‘set’ de filmagem é esse?'. Chegou ao ponto de algumas garotas terem quebrado a janela e a tela que a cobria e fugido. Elas estavam tão estressadas por estarem trancadas do lado de dentro que quebraram a tela, o vidro, e escaparam".


Outra trainee também disse: "Estávamos sempre do lado de dentro, então não sabíamos se estava de dia ou de noite. Nós nos arrumávamos quando nos diziam para fazê-lo, comíamos quando nos diziam para fazê-lo, dormíamos quando nos diziam para fazê-lo, e acordávamos quando nos diziam para fazê-lo".


Outra comentou: "Minha saúde piorou e eu não menstruei durante o programa todo". Elas declararam que outras competidoras também não menstruaram, ou que tiveram menstruação contínua por dois meses.


Um produtor do "Idol School" falou com o "PD Notebook" e contou que as competidoras comeram muito bem, ao ponto em que houve preocupações sobre elas ganharem peso. Quando perguntado sobre as alegações de que as classificações no programa foram manipuladas, a fonte declarou: "Não tenho certeza sobre isso porque não era minha responsabilidade. Não penso que tenha havido manipulação".




Fonte: (1)

Instagram

Youtube

Facebook

Twitter

Email para contato: osowakorea@gmail.com

541.111.418-70

Prazo de entrega: 7-10 dias úteis