• Quel ^^

3 antigos executivos da Loen Ent. acusados por desviar pagamentos de direitos pelo Melon




Em 26 de setembro, a equipe de investigação virtual da Promotoria do Distrito Leste de Seoul revelou que eles denunciaram três antigos executivos da Loen Entertainment sob acusações de desviarem o equivalente a 18.2 bilhões de won (cerca de R$63 milhões) em direitos autorais enquanto estavam responsáveis por administrar o site de músicas Melon.


Os três antigos executivos são suspeitos de criarem um selo de gravação fantasma, chamado LS Music, através do qual eles desviavam direitos autorais avaliados em 4.1 bilhões de won (cerca de R$14.2 milhões de reais). Eles usaram a LS Music de janeiro a dezembro de 2009, período durante o qual eles falsificaram dados para parecer que usuários do Melon baixaram as músicas das quais a LS Music retinha os direitos autorais. A promotoria revelou que as LS Music registrava como suas músicas que não tinham mais direitos autorais protegidos, enviando-as como "presentes" aos usuários, e adicionand-as às listas de músicas baixadas pelos usuários. Além disso, para acobertarem o crime, eles teriam deletado todos os dados relacionados à LS Music e dificultado o acesso às informações das vendas feitas pela LS Music.


Eles também foram acusados de roubar 14.1 bilhões de won (cerca de R$48.8 milhões) através da mudança no sistema de distribuição de royalties do Melon em 2010, tirando vantagem deste sistema por três anos.


O sistema de distribuição de royalties (pagamento por direitos autorais) do Melon permitia que os retentores dos direitos autorais fossem pagos proporcionalmente ao número de usuários do Melon. Em abril de 2010, o Melon fez uma alteração em seu sistema para excluir os usuários que estavam pagando a assinatura, mas não estavam realmente usando o serviço da soma dos royalties. Entretanto, os executivos teriam ocultado essa informação dos retentores dos direitos autorais, portanto desviando fundos que vinham dos não-usuários. Quando os retentores perguntavam sobre o sistema de distribuição de royalties, eles até mesmo mentiam, compartilhando um manual que declarava que os não-usuários eram inclusos no número total de usuários.


Sobre as acusações, o antigo CEO da Loen Ent., "Shin", disse: "Eu sabia que eles tinham criado uma empresa fantasma para calcular falsamente a distribuição de royalties, mas eu não os parei pelo bem das vendas da empresa". Quando perguntado sobre o desvio de royalties através da mudança de sistema do Melon, Shin disse: "Eu não pensei que havia problema já que tínhamos notificado os retentores dos direitos autorais sobre a mudança no sistema de cálculo".


A promotoria disse: "Esta é a primeira vez que um sistema injusto de distribuição de royalties de um serviço de música online foi revelado. Um sistema que garanta a distribuição clara e justa de royalties deve ser criado e implementado".


Fonte: (1)


Instagram

Youtube

Facebook

Twitter

Email para contato: osowakorea@gmail.com

541.111.418-70

Prazo de entrega: 7-10 dias úteis